As mulheres mandam nas lives da Paróquia


   Live é a febre do momento em meio mundo. Nove entre dez artistas, comunicadores e pensadores fazem dela um meio eficiente de contato com o público   externo, de quem, muitos deles são dependentes. Fruto da pandemia do coronavírus, ela instrui, diverte e tem a vantagem de encaixar-se como luva no protocolo do fique em casa,  exaustivamente defendido por cientistas e governantes. Na Paróquia de Casa Forte, cinco lives estreitaram os laços com a comunidade, discutindo o papel das redes sociais, espiritualidade, música, evangelização e comportamento. Na condução desse leque de conhecimentos, aparecem duas mulheres. Uma assume o papel de mediadora e a outra apresenta-se como comentarista. Larissa chama os especialistas e o público de casa para o debate e Stela faz o contraponto e apresenta o complemento.

    As duas são pernambucanas e paroquianas ativas. Stela Bourbon é casada, mãe de adolescente e está na estrada há mais tempo. Larissa Alves é solteira, mas não é desimpedida. Elas participam de grupos da igreja e têm a comunicação na veia. Stela deixou a psicologia no meio do caminho e é multifacetada. Está na Pascom, na Pastoral da Família e presta serviços à Secretaria de Turismo. Lari é jornalista profissional e trabalha no JC online. Ambas gostam de gente, de falar muito e são curiosas. Stela prega que é importante fazer a diferença na vida das pessoas. “Basta querer para conseguir”, diz ela. Lari fala em aprendizado, “ quero aprender, de verdade, com todo mundo”. Uma e outra são “ pau para toda obra”.





Comentários

  1. Parabéns meninas pelo trabalho que estão fazendo.
    Seja nos informando, seja alimentando o nosso espírito. As lives foram excelentes, procuro não perder nenhuma e vocês cumprem o papel de verdadeiras " Mulheres de Fé".

    ResponderExcluir

Postar um comentário