Pe. Edwaldo, você ainda faz falta....

 

   No último 19 de julho, comemoramos mais um ano sem o nosso querido amigo e pastor, por mais de 47 anos, na paróquia de Casa Forte, o inesquecível padre Edwaldo Gomes. Na presença de parentes e amigos, padre Fábio Paz celebrou uma missa, em ação de graças, para lembrar o antigo pároco.

     Na homília, Pe. Fábio falou um pouco sobre Pe. Edwaldo, ressaltando que não teve o prazer de conviver com o mesmo, em nível paroquial, mas que sabia do belo trabalho realizado aqui, em Casa Forte, por pastor longevo, tanto na idade, como em permanência na mesma paróquia. Hoje, os padres só ficam até 6 anos na mesma paróquia. “Quatro anos se passaram da passagem de uma pessoa tão querida. Estamos comemorando dois momentos: O primeiro, de gratidão a Deus pela figura de Pe. Edwaldo, e o segundo, o de manter viva a sua memória.  As pessoas que amamos não podem ser esquecidas. O corpo vai embora,  transforma-se em cinzas, mas as memórias ficam”. Afinal, foram muitos casamentos, batizados e comemorações de bodas, Vitórias Régias, encontros de noivos, de jovens, de casais, durante esses anos de atuação, sem falar das obras sociais iniciadas por ele e conduzidas pelas pastorais e grupos de trabalhos, em prol dos menos favorecidos. “Ele tem muitas histórias bonitas, mas deve ter sofrido muito. Penso que se não fosse esse povo de Deus a ajudá-lo, não teria suportado tantos anos à frente da missão”, concluiu.

    Ao final, as crianças da Casa da Criança Marcelo Asfora, instituição idealizada por ele, fizeram uma pequena homenagem em gratidão àquele que lutou tanto para que a CCMA fosse uma realidade e que pudesse atingir seus objetivos sociais. A continuidade de suas atividades é um desafio e também uma forma de manter viva suas aspirações e sua memória.





Comentários