Crismar, por quê?

A crisma é um sacramento da Igreja Católica que insere o cristão na vida de Jesus e na missão que é dele. Junto com o batismo e a primeira eucaristia, eles formam os sacramentos da iniciação cristã. O batismo abre o caminho para a condição de filho de Deus. Acontece normalmente quando a criança é ainda muito pequena e os pais e padrinhos assumem a responsabilidade pela fé dos filhos e afilhados. Nesse dia, o Espírito Santo liberta o ente batizado do pecado e torna-o um regenerado. Depois vem a Primeira Comunhão e só mais tarde e, por livre escolha, chega-se ao ato de confirmação onde a pessoa coloca-se a serviço de Deus.

Na celebração da Crisma, presidida pelo bispo, o cristão é ungido com o óleo que foi consagrado na Quinta-feira Santa, recebendo aí os sete dons do Espírito Santo: Conselho, Entendimento, Fortaleza, Sabedoria, Piedade, Ciência e Temor a Deus. O crismado torna-se soldado de Cristo pronto a batalhar por Ele e por sua igreja. Renova o compromisso de servir a Deus na comunidade e fora dela. Espalhar o amor e agir de acordo com os ensinamentos cristãos, sem medo e sem sentir vergonha de defender Jesus. Além de adotar o ensinamento de Miquéias (6,8) “Já te foi indicado, ó homem. O que é bom, o que o senhor exige de ti. É só praticar o direito, amar a misericórdia e caminhar humildemente com teu Deus”.

No primeiro dia da Festa do Sagrado Coração de Jesus 2021, realizada no dia 07 de junho de 2021, em nossa Matriz, um pequeno grupo recebeu a unção da crisma pelas mãos de Dom Fernando Saburido. O momento de fé e renovação pôde ser acompanhado através de uma transmissão em nossas redes sociais, assim como todas as celebrações dedicadas ao Sagrado Coração na semana entre 07 e 11 de junho.  

Comentários